4 de outubro de 2013

Bolsa de Colaboradores para Projecto de Investigação sobre Poder Local


EDITAL

A Transparência e Integridade, Associação Cívica (TIAC) aceita expressões de interesse para o recrutamento de dois assistentes de investigação no âmbito do projeto-piloto Local Integrity Systems (LIS), promovido pela Transparency International e coordenado pelo Professor Luís de Sousa.

1 – Duração do contrato de prestação de serviços: 4 meses, com início a 14 de Outubro.
2 – Montante dos honorários e modo de pagamento: 2500€ contra recibo verde ou acto isolado. O pagamento será efectuado em Dezembro por transferência bancária.
3 – Orientação e atividades a desenvolver: A orientação caberá ao coordenador do projeto. Os assistentes de investigação coadjuvam o Investigador Principal e colaboram nas respetivas atividades de pesquisa, nomeadamente:
a) Assessorar o Investigador Principal do projeto, gerindo informações e comunicação com a Coordenação, o Núcleo de Investigação, o Grupo de Aconselhamento e as instituições parceiras, auxiliando na execução de tarefas administrativas e na gestão de reuniões de trabalho necessárias à execução do projeto;
b) Assegurar a recolha, sistematização e interpretação de referências bibliográficas, fontes primárias documentais (tais como, legislação respeitante à organização e funcionamento do poder local, relatórios de inspecção e auditoria, iniciativas e debates parlamentares sobre a reforma do poder local, programas de governo), recortes de imprensa e decisões sobre processos judiciais de relevo para a elaboração do Relatório;
c) Acompanhar o Investigador Principal na condução de entrevistas a actores privilegiados em vários municípios do país, assegurando a transcrição das mesmas;
d) Participar, na qualidade de rapporteurs, nas reuniões de trabalho com stakeholders nacionais;
f) Coordenar com o Webmaster da TIAC a atualização dos conteúdos no portal do projeto, em desenvolvimento: http://poderlocal.transparencia.pt;
g) Ajudar na elaboração de comunicados de imprensa sobre os resultados da investigação;
h) Ajudar na organização das várias atividades previstas (workshops, mesas redondas de peritos, conferências, etc.)
i) Ajudar na produção de relatórios intercalares e do relatório final.

4 – Localização: O trabalho não requer que os dois colaboradores trabalhem em Lisboa, mas é necessário que tenham alguma disponibilidade para acompanharem a execução de algumas tarefas ou actividades que impliquem uma deslocação a Lisboa ou a outras localidades. Os custos de deslocação serão suportados pelo projecto.

5 – Requisitos de admissão: Licenciatura na área de Ciências Sociais e Humanas e Administração Pública. Poderão ser também admitidos candidatos com licenciaturas das áreas da Gestão, Economia ou Direito.
5.1 – São ainda requisitos de candidatura:
a) Bons conhecimentos sobre o quadro constitucional/legal e do desempenho das principais instituições de governação locais;
b) Capacidade de escrita sucinta e para o público não-académico;
d) Competência, na ótica do utilizador, dos diversos sistemas e programas informáticos (e-mail, internet, Word, Excel e gestão de websites);
e) Experiência na organização de gestão de eventos;
5.2 – São ainda requisitos preferenciais:
a) A experiência na gestão de projetos de investigação e/ou experiência de secretariado em organizações da sociedade civil;
b) Competência na organização do trabalho e gestão do tempo.

6 – Publicitação e prazo de apresentação de candidaturas: O presente Edital é publicitado, em versão integral, no site da TIAC (www.transparencia.pt) e nos sites das instituições parceiras do projecto, decorrendo o prazo de candidaturas de 26 de Setembro a 8 de Outubro pelas 18:00 GMT, seguindo-se imediatamente o processo de avaliação e comunicação dos resultados aos candidatos seleccionados.

7 -Formalização das candidaturas: As candidaturas deverão ser acompanhadas de Curriculum Vitae pormenorizado, cópias de Certificado/s de Habilitações e de documento de identificação (bilhete de identidade, cartão de cidadão ou passaporte) e uma Carta de Intenções justificando as razões pelas quais se pretende candidatar, o interesse pela temática do projeto de investigação e de como pensa poder contribuir para o projeto (máximo: 1 página).

8 – Seleção: A seleção dos candidatos será efetuada pelo Coordenador e Investigador Principal, ouvidos os colegas do Núcleo de Investigação, com base na avaliação curricular, eventualmente complementada por entrevista no dia 11 de Outubro.

9 – Morada de envio das candidaturas: As candidaturas deverão ser enviadas para o e-mail do secretariado da TIAC: secretariado@transparencia.pt ou por via postal para a TIAC – Transparência e Integridade, Associação Cívica (Bolsa de Colaboradores Projecto LIS), Instituto de Ciências Sociais, Avenida Professor Aníbal de Bettencourt, 9 – 1600-189 LISBOA, devendo ser recebidas dentro do prazo acima referido. Caso as candidaturas sejam enviadas por e-mail, os documentos supra indicados devem ser digitalizados para anexar ao processo.

Lisboa, 26 de Setembro de 2013

O Presidente da TIAC
Luís de Sousa
Edital 2 colaboradores projecto LIS

Veja também:

Consulte as Oportunidades de Emprego

Consulte e Candidate-se a Vagas online de Empregadores

Consulte a Bolsa de Voluntariádo

Veja o CV Digital Modelo e peça o Seu








0 comentários :

Enviar um comentário

Partilha