16 de setembro de 2013

Recrutamento Banco Caixa Geral de Depósitos


Recrutamento
Se tens capacidade para inovar, trabalhar em equipa, espírito de liderança e apetência pela área comercial podes enviar a tua candidatura.

- Efetua o teu registo ou caso já estejas registado faz login

- Consulte as Oportunidade disponíveis e candidate-se online
Estágios Curriculares

- Estágios Profissionalizantes

- Academia de Verão

Sugestões para construir um CV
Todos sabemos que um Curriculum completo mas sucinto, disponibilizando toda a informação necessária de forma simples e intuitiva, não é tarefa fácil!

Para o ajudar, reunimos algumas linhas orientadoras que o podem ajudar na organização de um CV eficaz, longe dos modelos rígidos que alguns procuram para elaborar o seu Curriculum.

Confira a relevância que deve ser dada a cada área para construir um Curriculum 100% seguro, com toda a informação na percentagem certa!

2% de Dados Pessoais - Limite a informação pessoal aos dados que sejam realmente importantes (nome, contacto, idade) ou que tenham sido especificamente solicitados (carta de condução, por exemplo). Tenha em mente que, para além da identificação do candidato, esta área não tem excepcional importância para o seleccionador nem acrescenta nada de relevo ao seu perfil profissional.

27% de Habilitações Académicas – Sendo um campo particularmente decisivo para aqueles com pouca experiência profissional, não deve, em caso, algum ser descurada a sua importância. Independentemente das suas habilitações, indique o grau mais elevado que obteve e a instituição que frequentou. Preferencialmente, deverá também incluir datas de início e conclusão, área de formação e média de classificação (caso seja favorável ou directamente solicitada). Apesar de ser uma informação importante, tenha algum discernimento pois não é necessário disponibilizar informação desde a escola primária!

38% de Experiência Profissional - Esta é a área primordial do seu CV, e onde o foco principal onde se concentra a atenção do seleccionador. Não se limite a referir datas e quais os cargos que ocupou, aproveite para enumerar as principais responsabilidades, objectivos alcançados e projectos desenvolvidos. Ser demasiado generalista ou vago pode prejudicar a análise das suas competências.

12% de Formação Complementar - Muitas vezes é neste campo que os seleccionadores procuram algo que evidencie determinado candidato. Face a percursos profissionais semelhantes e habilitações idênticas, poderão ser os cursos de formação ou especialização profissional, conferências, seminários ou workshops a marcar a diferença.

5% de Informações Complementares –> Esta área poderá ser um indicador das suas preferências pessoais, ajudando o seleccionador a completar o perfil do candidato pela análise curricular. Aproveite para dar destaque a actividades culturais, desportivas, sindicais e associativas que, de algum modo, possam dar um contributo positivo para o seu perfil.

16% de Ortografia, Apresentação e Organização - Como reflexo de si próprio, a imagem do seu Curriculum é fundamental. Um português correcto, aliado a uma estrutura sóbria e de simples leitura, serão o melhor cartão de visita para o seleccionador.

Sugestões para elaborar uma carta de apresentação
Não basta um bom Curriculum, é preciso aprender a conquistar e despertar curiosidade em quem avalia a sua candidatura. Aprenda a usar a Carta de Apresentação como uma poderosa arma para apelar ao interesse pelo seu perfil.

1. Leia e releia as suas cartas antes de as enviar - Escrever profissionalmente significa não dar erros ortográficos, gramaticais ou de dactilografia. Muitos currículos são imediatamente desqualificados devido a esse tipo de erros.

2. Remeta a carta à pessoa que o pode contratar, nomeadamente Directores de departamentos ou de recursos humanos - Telefone para a empresa e descubra o nome da pessoa a quem deve remeter o seu CV e a sua carta de apresentação. Isso demonstra sentido de iniciativa e saber utilizar todos os recursos ao seu alcance.

3. Envie a sua carta a uma pessoa em particular e não a uma empresa - Coloque o nome e o cargo da pessoa sempre que o souber. O objectivo é conseguir fazer chegar a carta a quem o poderá contratar e, caso assim seja, com quem irá trabalhar.

4. Escreva com as suas próprias palavras - Certifique-se de que a sua carta "soa" a escrita por si e não como algo extraído de um livro. A sua carta de apresentação e o seu currículo deve ser um reflexo apurado da sua personalidade. Os empregadores procuram conhecimento, entusiasmo e determinação.

5. Utilize todo o tipo de instrumentos de referência que puder - É fundamental ser rigoroso e profissional com as suas cartas de apresentação, por isso não hesite em recorrer a todas as ajudas que puder e que o possam auxiliar com a gramática, com a ortografia e com a escrita de cartas.

6. Demonstre o seu conhecimento sobre a empresa e a sua área de actividade - Recorra a pesquisas. Não exagere, mas deixe claro que não escolheu aquela empresa ao acaso da lista telefónica. Escolheu aquela empresa e não outra porque a conhece e sabe o que faz.

7. Utilize expressões e frases que sejam significativos para o empregador - Personalize a sua carta o máximo que puder de acordo com as necessidades da empresa. Isto implica que pense na empresa, nos seus Clientes e no trabalho que já se vê a desenvolver para eles.

8. Certifique-se que incluiu na sua carta um endereço para resposta ou um número de telefone - Isto significa colocar o nome da rua, o código postal, número de telefone e / ou e-mail.

9. Escreva a sua carta num tom formal que o promova enquanto profissional - A sua carta deve ser o mais aproximado possível de uma proposta de trabalho e não um pedido para a marcação de uma entrevista. O que está a oferecer é que é importante, bem como os objectivos que pode ajudar a empresa a alcançar.

10. Minimize os "Eus" e valorize os "Tus" - A ideia é transformar os "eu tenho" em "vocês querem" da empresa. O que é que tem para oferecer à empresa que eles necessitem e que crie a necessidade de marcar uma entrevista consigo.

11. Escreva a sua carta de forma a parecer pessoa confiante, mas não pedante - Se considera que preenche todos os requisitos para a função escreva-o na carta. Acentue a "correspondência" entre as suas capacidades e as necessidades da empresa. Ao agir assim, está a demonstrar a sua viabilidade enquanto candidato.

12. Certifique-se que a sua carta fornece aos seus destinatários alguma informação sobre si a nível pessoal - Faça dos seus feitos, qualidades e experiência profissional os elementos mais importantes das suas frases e evidencie o que pode providenciar à empresa do destinatário da carta. Use linguagem concisa e específica de forma a que leitor possa ter uma boa ideia do que já fez e de quem você é.
Fonte: Portal Caixa IU
Consulte as Oportunidade disponíveis e candidate-se online AQUI.

Estágios
O Programa de Estágios da CGD, criado em 1994, envolveu já milhares de jovens de Universidades e Politécnicos de todo o País.

O Programa tem como objetivo:
- Possibilitar aos recém-licenciados uma primeira experiência no mundo do trabalho;
- Possibilitar aos alunos finalistas a conclusão dos seus cursos;
- Fortalecer a ligação entre a Caixa Geral de Depósitos e os Estabelecimentos de Ensino através da aproximação ao segmento Jovem/Universitário.

Estágios Curriculares
Consideram-se Estágios Curriculares todos os que constam do plano de curso do candidato, assumindo um carácter obrigatório para a sua conclusão.

Estes estágios têm uma duração variável, de acordo com o estabelecido curricularmente (normalmente entre 3 e 6 meses).

Caso necessites de realizar um Estágio Curricular, solicita ao teu estabelecimento para entrar em contacto com a CGD.

Consulte as oportunidades disponíveis de momento AQUI.

Estágios Profissionalizantes
Os Estágios Profissionalizantes proporcionam uma primeira experiência profissional e destinam-se a candidatos recém-licenciados, finalistas de Licenciatura e/ou de Mestrado, preferencialmente dos cursos de Economia, Gestão, Finanças, Marketing e Contabilidade, que evidenciem apetência pela área comercial.

Consulte as oportunidades disponíveis de momento AQUI.

Academias de Verão
Este Projeto é dirigido a alunos do 2º ou 3º ano de Licenciatura ou 1º ano de Mestrado, preferencialmente dos cursos de Economia, Gestão, Finanças, Marketing e Contabilidade e proporciona um contacto com o mundo do trabalho e com a realidade Caixa Geral de Depósitos.
Este estágio, com duração de mês e meio, decorre na área comercial, em qualquer local do País nos meses de Julho e de Agosto.

Consulte as oportunidades disponíveis de momento AQUI.

Portal Caixa Iu
O Caixa IU é um portal da Caixa Geral de Depósitos, dedicado aos estudantes universitários e pós graduados.

É sua finalidade constituir um ponto de encontro académico e social entre os universitários, disponibilizando informação e ferramentas de interesse prático, úteis para o dia a dia dos estudantes. Os possuidores do Cartão CUP (Caixautomática Universidade/Politécnico), da Caixa Geral de Depósitos, terão vantagens acrescidas no portal, ao terem acesso a funcionalidades adicionais exclusivas.

Para tal a CGD conta com o apoio e participação de todos os utilizadores, dos seus parceiros e patrocinadores

Para acederes ao Caixa IU, clica aqui.

Veja também:

Consulte as Oportunidades de Emprego

Consulte e Candidate-se a Vagas online de Empregadores

Consulte a Bolsa de Voluntariado

Veja o CV Digital Modelo e peça o Seu





0 comentários :

Partilha